Brasília sob Garantia da Lei e Ordem

GARANTIA DE LEI E ORDEM

O governo decretou Garantia da Lei e Ordem na zona central de Brasília. O decreto foi uma reação à violência dos protestos dessa quarta.

DESTRUIÇÃO

As Forças Armadas controlaram o que o ministro da Defesa, Raul Jungmann classificou como baderna. O vandalismo deixou prédios de 8 ministérios depredados; dois deles foram incendiados. O protesto, convocado por centrais sindicais e movimentos de esquerda, deixou 49 feridos e 8 presos.

DIVERGÊNCIA

Os organizadores afirmam que 200 mil pessoas estiveram na Esplanada dos Ministérios, nessa quarta. A Polícia Militar contabiliza 35 mil. Os jornais Folha de S. Paulo e Estadão noticiam 45 mil.

VOLTANDO À ESTACA ZERO

O impasse sobre a sucessão do presidente Michel Temer aumentou as dúvidas sobre a continuidade da reforma da Previdência. De acordo com o jornal Valor, a lista hoje tem Tasso Jereissati, Rodrigo Maia e Nelson Jobim. O PT defende eleições diretas.

PEC do Teto passa e próximo desafio é a Previdência

PASSOU

O Senado aprovou, em segundo turno, a PEC 55 que cria o teto para os gastos da União. A limitação vale para os próximos 20 anos. Após 10 anos, o presidente poderá pedir mudança no indexador aprovado. A votação foi apertada e a Emenda passou com apenas 4 votos a mais do que o necessário.

PROTESTOS

Durante todo o dia, contrários à PEC do Teto manifestantes provocaram quebra-quebra em, pelo menos, oito estados.

DADOS

O Datafolha aponta que 60% dos brasileiros são contra à Emenda.

NOVA BRIGA

Com a aprovação do limite de gastos, o novo desafio do governo é reorganizar a base de apoio para votar a reforma da Previdência.


POST SCRIPTUM

A Anac acabou com a gratuidade para despacho de bagagem nas viagens aéreas. A decisão passa a valer a partir do dia 14 de março. O Ministério Público Federal, no DF, considera a cobrança ilegal e vai recorrer à decisão da Anac.

Estados planejam privatizações

PRIVATIZAÇÕES

Estados já planejam privatizações nas áreas de saneamento e energia. A venda de estatais faz parte da renegociação da dívida estadual com a União. Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Pará e São Paulo já fazem estudos junto ao BNDES.

PEDALADAS

Técnicos do Senado indicam que a presidente afastada, Dilma Rousseff, teria cometido crime ao liberar créditos suplementares por meio de decreto. Mas não identifica empréstimos de bancos estatais ao Tesouro – as ‘pedaladas fiscais’. O impeachment de Dilma está baseado nessas duas acusações: edição de decretos irregulares e atraso de pagamento de dívidas ao Banco do Brasil.

MAIS DELAÇÃO

Depoimento de Nelson de Mello afirma que pagou R$ 30 mi a lobistas com trânsito na Câmara e envolve os senadores Renan Calheiros, Romero Jucá e Eduardo Braga nos esquemas de propina. Os fatos estão ligados a investigação que apura lobby empresarial no Congresso. Nelson Mello é ex-diretor de Relações Institucionais da Hypermarcas.

NA EUROPA

O valor dos Bancos da União Europeia já caíram
€144 bi em dois dias. A perda é resultado da incerteza quanto ao crescimento da região.


POST SCRIPTUM

Policiais civis e militares cariocas receberam os turistas no Aeroporto Tom Jobim com faixas “Welcome to hell” (Bem vindos ao inferno). A ação faz parte da paralização de protesto. Eles usam a proximidade das Olimpíadas para tentar pressionar o governo.

3,5 milhões nas ruas: maior manifestação da História do Brasil


NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESSE PAÍS
Mais de 3,5 milhões de pessoas estiveram nas manisfestações desse domingo. Essa foi a maior manifestação da pública da Histórida do Brasil, superando o ato de 1984, en favor das Diretas-Já. O protesto pedia a saída da presidente Dilma do Planalto. Os grupos também apoiaram as ações da Operação Lava Jato e a investigação contra o ex-presidente Lula. As manifestações ocorreram em 262 cidades.


IMPACTOS NO FUTURO

Na próxima quinta-feira, a Câmara deverá dar seguimento ao processo de impeachment de Dilma. A adesão aos protestos deve acelerar o andamento do impeachment. Com isso, o presidente da Casa, Eduardo Cunha, deve imprimir um ritmo que leve a uma decisão em 45 dias.


POST SCRIPTUM
Em nota, o Palácio do Planalto elogiou o caráter pacífico das manifestações.

Tem de tudo nas capas dessa terça: obras para água no RJ e SP, doações para PMDB, poluição em SP e até mais da delação premiada

Imagens das capas no Tumblr: http://capasdehoje.tumblr.com/

Folha de S.Paulo

Com tempo seco, SP tem o ar mais poluído em 7 anos

Presidente atinge valor recorde de gatos secretos
Presidente do México é alvo de protestos após escândalo

O Globo

Rio e SP preveem obras de R$ 8,5 bi para água

Subsídio à aviação cria polêmica
Youssef: propina paga em Brasília
Ministro critica governo Dilma
TJ valida lei que proíbe máscaras

O Estado de S.Paulo

Empresa suspeita de fraude doou para PMDB de Renan

Alckmin pede R$ 3,5 bilhões a Dilma para crise hídrica
Ministro critica presidente por falta de diálogo
Polícia mata 6 pessoas por dia no Brasil, mostra estudo
Protestos fecham aeroporto no México

Valor

Multa da Lava-Jato deve ultrapassar R$ 1 bilhão

Dólar anima planos dos exportadores
Machado é investigado por MP no Rio
Salário baixo mostra perda de dinamismo do emprego
Acionistas da Oi preferem oferta da Altice

Do Valor