PIB per capta: 5 anos para voltar ao patamar de 2014

 

5 ANOS PARA VOLTAR

O PIB per capta dos brasileiros caiu 11% nos últimos 11 meses. A previsão dos economistas é que o retorno ao patamar de R$ 28 mil deve demorar cinco anos. Hoje, o PIB per capta nacional é menor que o do Chile.

TEMER E O TSE

O advogado de Michel Temer, Gustavo Guedes acusa o procurador-geral da República de tentar constranger o presidente. Guedes teme que ainda existam gravações da delação da JBS que não tenham sido divulgadas. O Tribunal Superior Eleitoral começa, na próxima terça (6), o julgamento que pode cassar a chapa Dilma-Temer por abuso de poder econômico, em 2014.

Reforma mais suave

SOLUÇÃO PARA A PREVIDÊNCIA

Os aliados do governo defendem a aprovação da reforma da Previdência mais enxuta. Eles propõem incluir apenas a idade mínima para a aposentadoria. As outras mudanças ficariam para 2019.

TSE E O GOVERNO

… “não é joguete.” Essa foi a reação do ministro do TSE, Gilmar Mendes, às afirmações sobre a possibilidade do Tribunal pedir vista sobre o caso Temer. A manobra jurídica daria mais tempo ao presidente no julgamento que pode resultar na sua cassação.

DELAÇÃO

O deputado afastado, Rodrigo Rocha Loures, negocia delação premiada com a Lava Jato. Loures, que é aliado de Temer, foi flagrado recebendo R$ 500 mil da JBS.

NOVO COMANDO, MESMO DESAFIO

O novo presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, chega ao comando com a missão de normalizar a liberação de empréstimos. O fluxo está abaixo do considerado desejável pelo setor produtivo. Rabello de Castro também precisa acalmar os funcionários do quadro. Eles estão preocupados com a crise deixada pela antecessora de Rabello, Maria Sílvia Bastos Marques.

Queda de juros em ritmo mais lento

QUEDA DO JUROS

O corte de juros da taxa Selic. deve seguir um ritmo mais lento. A mudança é devido à piora da crise política do país.

BOA NOTÍCIA

O governo espera a divulgação dos números que mostram o crescimento da economia no primeiro trimestre. O avanço de quase dois dígitos na atividade agropecuária é o grande responsável pelo resultado do período.

TROCA NA JUSTIÇA

Torquato Jardim, ex-ministro da Transparência, assume a pasta da Justiça. Osmar Seraglio segue para Transparência.

OPINIÃO

Para o novo ministro da Justiça, o inquérito aberto contra o presidente Michel Temer foi baseada em um documento não periciado.

REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Governo já trabalha com a possibilidade de não aprovação da reforma da Previdência. A equipe econômica já trabalha num plano alternativo, que pode ser implantado por Medida Provisória.

Semana decisiva para Temer

 

TEMER E O STF

Foi marcada para a próxima quarta (24) a decisão do STF se suspende ou não a abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer. A Procuradoria Geral da República contabiliza quatro dos onze votos a favor da suspensão do inquérito.

FOLGA

O PSDB e o DEM vão esperar a decisão do Supremo para decidir se retiram o apoio ao governo. Nos bastidores, os partidos já articulam um nome de consenso para substituir Temer.

SEM RENÚNCIA

O presidente Michel Temer diz que renúncia seria uma admissão de culpa. A declaração foi feita ao jornal Folha de S. Paulo.

Brasil exporta assaltantes

DO BRASIL

O maior assalto da história do Paraguai tem participação de brasileiros. As polícias dos dois países acreditam que o PCC (Primeiro Comando da Capital) esteja envolvido na ação. O presidente Michel Temer colocou a Polícia Federal à disposição para ajudar no caso.

COMO FOI

Um bando de 30 homens, com armamento de guerra, roubaram US$ 40 mi de uma empresa de transporte de valores em Ciudad del Este, na madrugada de ontem. Um policial e três bandidos foram mortos na fuga.

RESULTADO VAZOU

O resultado da licitação para conta de publicidade do Banco do Brasil vazou quatro dias antes da abertura dos envelopes. O resultado teria sido registrado em cartório na última quinta (20). Os envelopes só foram abertos nessa segunda.

MAIS SOBRE A LICITAÇÃO

Essa é a maior licitação realizada pelo governo Temer, até agora. São R$ 500 mi por um ano, renováveis por até 60 meses. A primeira colocada foi a Multi Solution. O BB diz que o processo de licitação obedeceu à legislação. E a Multi Solution nega favorecimento.

LEILÃO

O leilão de linhas de transmissão de energia, realizado nessa segunda, foi considerado competitivo. Companhias sob o controle chinês e indiano participaram da disputa. Nenhuma empresa do grupo Eletrobras participou do leilão. A EDP venceu o leilão, que deve gerar mais de R$ 12 bi em investimentos no setor.

ELA SABIA

Em depoimento à Justiça Eleitoral, os ex-marketeiros do PT, João Santana e Mônica Moura afirmaram que Dilma Rousseff sabia da existência de caixa dois na sua campanha de 2014. A defesa de Dilma nega a afirmação.

Mudanças no incentivo para indústria automotiva

 

NOVA ROTA

O programa de incentivo a indústria automotiva vai ser reformulado. Batizado pelo governo de Dilma de Rota 2030, o programa foi criticado pela Organização Mundial do Comércio (OMC), que exigiu a mudança. Um esboço do novo projeto vai ser apresentado hoje, pelo Ministério da Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

PREVIDÊNCIA 

O relatório da reforma da Previdência já tem a mudança para a aposentadoria integral. O governo aceitou a mudança de 49 para 40 anos o tempo mínimo de contribuição para garantir o benefício integral. Com 25 anos de contribuição já vai ser possível pedir a aposentadoria, mas com redução do benefício. Mulheres poderão pedir o benefício a partir de 23 anos de contribuição.

OITENTA E SETE

Esse é o número de de testemunhas que a defesa de Lula incluiu num de seus processos. O juiz Sérgio Moro autorizou que todas as testemunhas ouvidas, mas exigiu que Lula esteja presente em todos os depoimentos. Moro justificou a decisão como uma forma de ‘oitiva de testemunhas irrelevantes’.

DA PRISÃO 

O ex-deputado, Eduardo Cunha, disse que foi o presidente Michel Temer quem agendou reunião de campanha, em 2010, citada nas delações da Odebrecht. Cunha foi acusado pelo próprio Temer de mediar a reunião. A declaração foi feita em nota escrita. Os delatores afirmam que, nesse encontro, foram negociados R$ 40 mi em propina.

Proposta da Previdência pode ser mais suave

OU MUDA OU MUDA

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que a proposta reforma da Previdência não tem margem para negociação. Meirelles acredita que sem a provação da reforma, o Brasil segue para a insolvência. A proposta de reforma da Previdência está em análise no Congresso.

APESAR DOS PESARES

Apesar da posição do governo, o PSDB prepara um conjunto de propostas para flexibilizar a reforma da Previdência. O PSDB é um dos principais aliados do Planalto.

MAS…

Com a movimentação no Congresso, o governo já estuda abrir mão da idade mínima progressiva, na reforma da Previdência.

LENIÊNCIA NÃO SALVA

De acordo com o subprocurador-Geral, Marcelo Muscogliati, os acordos de leniências não destravam créditos e nem salvam empresas. Muscogliati foi o responsável pelo grupo de análise dos acordos de leniência e delação premiada da Odebrecht. Para ele, esses mecanismos servem para ‘desmantelar o crime organizado.

POST SCRIPTUM

Blumenau recebeu o título de Capital da Cerveja. Temer foi na cerimônia de entrega do título.