Queda de juros em ritmo mais lento

QUEDA DO JUROS

O corte de juros da taxa Selic. deve seguir um ritmo mais lento. A mudança é devido à piora da crise política do país.

BOA NOTÍCIA

O governo espera a divulgação dos números que mostram o crescimento da economia no primeiro trimestre. O avanço de quase dois dígitos na atividade agropecuária é o grande responsável pelo resultado do período.

TROCA NA JUSTIÇA

Torquato Jardim, ex-ministro da Transparência, assume a pasta da Justiça. Osmar Seraglio segue para Transparência.

OPINIÃO

Para o novo ministro da Justiça, o inquérito aberto contra o presidente Michel Temer foi baseada em um documento não periciado.

REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Governo já trabalha com a possibilidade de não aprovação da reforma da Previdência. A equipe econômica já trabalha num plano alternativo, que pode ser implantado por Medida Provisória.

Novo ritmo na economia

ENTRANDO NO RITMO

O presidente do Banco Central, Ilan Godfajan, disse que a redução da taxa de juros desse mês é o ‘novo ritmo’ do país. Goldafan também disse que o Brasil está em processo de reformas fiscal e macroeconômicas. As declarações foram feitas no Fórum Mundial de Davos.

AJUDA AOS CARIOCAS

O pacote de recuperação fiscal com o estado do Rio de Janeiro pode incluir crédito de R$ 8,5 bi. Também está em negociação suspender o pagamento das dívidas com a União por três anos. O acordo final deve ser divulgado na próxima segunda-feira.

PRESOS E ESTADO

O governo do Rio Grande do Norte negocia com o PCC a exigência dos presos. O primeiro pedido foi atendido ontem, quando 220 detentos foram transferidos.

CAOS

Ontem, 15 ônibus foram incendiados nas ruas e em garagens de Natal (RN). A ação foi resultado das rebeliões no presídio de Alcaçuz.


POST SCRIPTUM

O Ministério da Saúde admitiu a existência de um surto de febre amarela no país. Até agora, oito pessoas já morreram da doença.

Vendas de Natal podem cair 4%

NATAL SEM PRESENTE

A Confederação Nacional do Comércio prevê uma retração de 4% nas vendas de final de ano. Se confirmado, esse será o pior desempenho do comércio no Natal dos últimos 15 anos. Para evitar uma queda maior, o comércio antecipou as promoções e descontos.

JUROS E MAIS JUROS

Os juros do cartão de crédito rotativo atingiu 482% no ano – o maior resultado registrado pelo Banco Central desde 2011. Os juros do cheque especial chegaram a 331%.

RESPONSABILIDADES

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que se o estado do Rio de Janeiro só poderá participar do programa de recuperação fiscal se cumprir as exigências propostas pela União. As contrapartidas foram retiradas na aprovação da lei, na Câmara. Mas o governo pretende reintegrá-las na regulamentação da lei.


POST SCRIPTUM

O PT pretende lançar a candidatura de Lula à presidência ainda no primeiro trimestre de 2017. A estratégia seria se antecipar a possíveis condenações na Justiça.

FGTS liberado para saque

FGTS NA MÃO

Os trabalhadores com contas inativas no FGTS poderão sacar o dinheiro. Serão consideradas inativas contas com demissões ocorridas até 31 de dezembro de 2015. O objetivo do governo é reduzir a inadimplência e dar fôlego para a economia. O calendário para resgates será informado pela Caixa Econômica, em fevereiro.

CUSTO DA MEDIDA

O governo estima que a liberação das contas inativas do FGTS deve movimentar R$ 30 bi.

CARTÃO DE CRÉDITO

As faturas de cartão de crédito que entram no ‘rotativo’ (quando a fatura não é paga integralmente, no mês de fevereiro) terão juros menores. A medida entra em vigor em março. A expectativa do governo é reduzir pela metade os juros do cartão de crédito.

TRABALHISTA

O presidente, Michel Temer, anunciou a reforma trabalhista que será enviada ao Congresso. Uma das propostas é que os acordos sindicais poderão prevalecer sobre a CLT. Nos acordos, poderão ser negociadas a duração da jornada de trabalho e o parcelamento de férias. Direitos como FGTS e 13 salário seguem geridos pela CLT. Empresários, as centras Força Sindical e a UGT aprovaram a proposta. A CUT criticou as possíveis mudanças.


POST SCRIPTUM

O número de homicídios subiu 41%, na cidade do Rio, em novembro desse ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. No estado, o aumento foi de 36%.

BB vai fechar 14% das agências

FECHANDO AGÊNCIAS

O Banco do Brasil quer economizar R$ 750 mi por ano. Para isso, vai fechar 402 agências em todo o Brasil, em 2017. Outras 379 serão transformadas em postos de atendimento – que têm menos funcionários e serviços. O Banco também vai extinguir três diretorias e oferecer um plano de aposentadoria voluntária para 18 mil funcionários. Hoje, o BB tem 5.430 agências, 109 mil funcionários distribuídos em 31 superintendências regionais.

CRISE CONTINUA

A receita líquida de empresas de capital aberto caiu 3%, no terceiro trimestre desse ano, quando comparado ao resultado de 2015. É a primeira queda, nos últimos quatro anos. O resultado é reflexo do desemprego, juros e inflação altos e os riscos do cenário externo.

MAIS DELAÇÕES, MAIS PROPINA

Delação da Odebrecht pretende revelar propina paga a Sérgio Cabral. A Odebrecht participou de grandes obras no Rio de Janeiro, como Maracanã e o Arco Metropolitano.


POST SCRIPTUM

As empresas aguardo o Índice Global de Empatia, que deve sair essa semana. O Índice mede o grau de empatia, de acordo com o comportamento das empresas nas mídias sociais. Ano passado, a Microsoft ficou em primeiro lugar.

Natal com menos contratações

MENOS CONTRATAÇÕES

As contratações para o Natal deve ser 3% menor que em 2015. O índice é o menor dos últimos 10 anos. Os dados são de um levantamento feito pela Federação Nacional das Empresas Terceirizadas e de Trabalho Temporário.

ESCOLARIDADE

De acordo com o levantamento, ter o ensino médio é uma exigência de 65% dos empregadores.

VAMOS FACILITAR

O governo pretende enviar ao Congresso, ainda esse ano, projeto que agiliza as regras de adoção. O projeto deve propor que crianças que passem mais de um ano nos abrigos possam ser encaminhadas para a adoção internacional. Apesar da proposta de reduzir o número de crianças no abrigos, especialistas temem que o projeto possa desrespeitar o direito das crianças.

JUROS PARA O CONSUMIDOR

Os bancos públicos já apresentam juros mais altos que os bancos privados. A taxa do rotativo da Caixa já é a segunda maior do mercado.

CORTANDO

O Banco Central proibiu a emissão de debêntures das suas empresas de leasing. Esse instrumento é a principal forma de captação de recursos dos bancos e são usadas como lastro em operações com o seus clientes.


POST SCRIPTUM

Presidente Sarney, no Maranhão, é a cidade com o pior Índice de Bem-Estar Urbano. A primeira colocada é Vitória (ES).

ibeu

Cresce emprego sem carteira assinada


EMPREGOS SEM CARTEIRA A crise acelerou o setor informal. De acordo com o Ipea, entre o primeiro e segundo trimestres desse ano, houve a criação de 668 mil postos informais. Por outro lado, foram cortadas 227 vagas com carteira assinada.

MAIS É MENOS

Os postos informais de trabalho pagam cerca de 40 menos que aqueles com carteira assinada.


DESLIGANDO

A nova proposta de reforma da Previdência propõe desvincular a pensão do salário mínimo. Assim, os reajustes do mínimo não seriam aplicados aos benefícios.


SÓ QUE SIM SÓ QUE NÃO

Os analistas econômicos estão divididos quanto a redução de juros. Metade dos especialistas ouvido pelo Valor acreditam que a queda vai ser grande (0,5 pontos percentuais). Outro grupo já pensa numa redução mais branda. A tendência, ainda assim, seria de queda.


ELEIÇÕES

Em São Paulo, Celso Russomano e Marta Suplicy ainda brigam para garantir vaga no segundo turno. João Doria continua à frente por uma vaga na prefeitura.

POST SCRIPTUM

O STF adiou a votação sobre o fornecimento de medicamentos caros pelo SUS. Os ministros estão divididos.