Brasília sob Garantia da Lei e Ordem

GARANTIA DE LEI E ORDEM

O governo decretou Garantia da Lei e Ordem na zona central de Brasília. O decreto foi uma reação à violência dos protestos dessa quarta.

DESTRUIÇÃO

As Forças Armadas controlaram o que o ministro da Defesa, Raul Jungmann classificou como baderna. O vandalismo deixou prédios de 8 ministérios depredados; dois deles foram incendiados. O protesto, convocado por centrais sindicais e movimentos de esquerda, deixou 49 feridos e 8 presos.

DIVERGÊNCIA

Os organizadores afirmam que 200 mil pessoas estiveram na Esplanada dos Ministérios, nessa quarta. A Polícia Militar contabiliza 35 mil. Os jornais Folha de S. Paulo e Estadão noticiam 45 mil.

VOLTANDO À ESTACA ZERO

O impasse sobre a sucessão do presidente Michel Temer aumentou as dúvidas sobre a continuidade da reforma da Previdência. De acordo com o jornal Valor, a lista hoje tem Tasso Jereissati, Rodrigo Maia e Nelson Jobim. O PT defende eleições diretas.

Supremo solta Dirceu

DIRCEU É SOLTO

O Supremo Tribunal Federal (STF) revogou a prisão preventiva do ex-ministro José Dirceu. A decisão foi considerada mais uma derrota do relator da Operação Lava Jato, Edson Fachin. O STF já soltou Eike Batista, João Cláudio Genu e José Carlos Bumlai.

RIO EM GUERRA

Quadrilhas rivais deixaram nove ônibus incendiados na Zona Norte do Rio de Janeiro. Na briga por ponto de venda de drogas na Cidade Alta, as facções rivais mantiveram civis em meio a um tiroteio por mais de uma hora. Duas pessoas morreram, 42 suspeitos foram presos e 32 fuzis apreendidos. A secretaria de Segurança do estado declarou estado de atenção.

MENOS JUROS

Os 23 empresários vencedores do prêmio Executivo de Valor pediram ao governo o corte da taxa básica de juros. O prêmio é concedido pelo jornal Valor Econômico.

POST SCRIPTUM

O romance que consagrou Gabriel García Márquez – 100 anos de solidão – completa meio século

À procura de médicos


À PROCURA DE MÉDICOS
O surto de zika fez as prefeituras recorrem a contratações temporárias de médicos a a montarem hospitais de campanha para tratar os pacientes infectados. Algumas prefeituras está oferecendo R$ 1.200 por dia, para atrair profissionais. Especialistas classificam as medidas como paliativas e defendem o combate aos focos do mosquito.
TROCA DE BANDEIRA
Em março, o governo vai adotar a bandeira amarela nas contras de luz. Com isso, a taxa extra deve cair de R$ 3 para R$ 1,50 a cada 100 kw/h. Com a mudança, o valor da conta deve ficar 3% menor. Essa é a quarta medida para baratear as contas de luz, que acumularam um aumento superior a 50% no ano passado.
LONGE DA META
A presidente Dilma Rousseff admitiu que não vai cumprir a meta de campanha de 3 milhões de moradias. A promessa de campanha era referente a terceira etapa do Minha Casa Minha Vida. A presidente não mencionou o quanto da meta deverá ser cumprida, até o final do seu mandato.
RETORNO PREVISTO
A mineradora Samarco pretente retomar suas atividades após o acordo com atingidos pelo desastre de Mariana (MG).  O acidente com as barragens da cidade levou à paralisação das atividades de extração da Samarco, em Minas Gerais, e da fabricação de pelotas de ferro, no Espírito Santo.  O retorno das atividades é considerado fundamental para geração de emprego e impostos nas regiões em que a Samarco atua.

POST SCRIPTUM
Cerca de mil rolos de filmes foram destruídos em incêndio na Cinemateca de São Paulo. Entre eles, pelo menos 17 curtas e cinejornais gravados até a década de 50. As películas eram de nitrato, uma substância inflamável, usada à época. Acredita-se que 80% do material destruído tenha cópias preservadas.

Novos ministros, mesma crise

NOVOS FUNCIONÁRIOS
Tomaram posse, ontem, os novos ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e do Planejamento, Valdir Simão. Ao anterior ministro da Fazenda, Joaquim Levy, Dilma desejou sorte em seus novos desafios.
CHEFE MANDA
Na posse da nova equipe econômica, Dilma pediu a volta do crescimento do país, mas sem ‘guinadas e mudanças bruscas’. A presidente destacou que equilíbrio fiscal e melhora da economia podem e devem andar juntos. Mas não falou do compromisso com a meta de superávit de 0,5% do PIB. Complementou afirmando que é preciso ter uma agenda de crescimento que vá além do corte de gastos.
EM SEU PAPEL
Em seu primeiro dia de trabalho, Nelson Barbosa fez uma teleconferência com investidores e, apesar do seu comprometimento com a meta fiscal e reforma da Previdência, não conseguiu segurar o mercado.
PARA O ALTO E AVANTE
O dólar fechou a R$ 4,02 – uma alta de 1,89%.
CAINDO
A Bolsa de Valores caiu 1,62% e voltou ao patamar de abril de 2009.
BRIGA COM O GIGANTE
Os produtores brasileiros de soja pediram que o Itamaraty avalie a possibilidade de denunciar os Estados Unidos em relação aos subsídios aos sojicultores americanos. O representante dos produtores nacionais, a Aprosoja Brasil, já negocia a contratação do escritório americano Sidley Austin para assessorá-lo. Brasil e EUA são os dois maiores fornecedores globais de soja.
PORTUGUÊS EM CHAMAS
Um incêndio destruiu o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. De acordo com os bombeiros, as chamas queimaram o segundo e terceiro andares do prédio. A estrutura da Estação da Luz, onde ficava o museu, não foi atingida. O prédio, patrimônio regional, foi construído em 1867. É a segunda vez que o fogo consome a estação. A primeira foi em 1946. Um brigadista morreu no local. O museu e todo o complexo da Estação da Luz não tinham aval dos bombeiros para funcionar.

POST SCRIPTUM
O Comitê de Ética da Fifa afastou por oito anos seu presidente, Joseph Blatter, e o presidente da UEFA, Michel Platini. Eles não conseguiram explicar a transferência de US$ 2 mi de Blatter para o francês. 

Nas capas, usinas mal planejadas, mais escândados na Petrobras e problemas nas estradas

Veja as imagens das capas aqui.

O Estado de S. Paulo

  • Planejamento falho adia operação de 70 usinas
  • Agenda de ex-diretor da Petrobras cita aliado de Renan
  • PSB oficializa Marina como vice de Campos
  • Ituano reescreve sua história

Valor

  • Correção de mercado leva capitais para emergentes
  • Seleções da Copa valem R$ 18,9 bi
  • Clima exige corte imediato nas emissões
  • Discórdia e falta de recursos abalam IBGE

Folha de S. Paulo

  • Pequenos trechos concentram 21% das mortes nas estradas
  • Firmas de lista priorizaram doações para governistas
  • Governo sírio cria programa para reabilitar rebeldes
  • ONU pede mudança energética contra desastre climático

O Globo

  • Petrobras: Ex-diretor receberia até 50% em contratos fechados
  • Promotoria acha 40 corpos de bebês
  • Invasores ocupam passarela do metrô
  • Fla é campeão do Rio

(do Valor)

Nas capas: Apagão pode se repetir;João Paulo é preso, mas não renuncia; inadimplência cai


Da Folha.com

Folha de S.Paulo
Apagão atinge 11 Estados, e 6 milhões ficam sem luz

Agora S.Paulo
Decisão de tribunal reforça correção maior do FGTS

O Estado de S.Paulo
João Paulo é preso e diz que não vai renunciar

O Globo
Sistema opera no limite e apagão pode se repetir

Brasil Econômico
Governo isola apagão do baixo nível de reservatórios

Correio Braziliense
Fantasma do apagão assombra o governo

Estado de Minas
Verba indenizatória – Eles não querem parar de gastar, mas agora aceitam licitar

Zero Hora
Na penitenciária, em Brasília: João Paulo, condenado do mensalão, se entrega

*

Jornais internacionais

The New York Times (EUA)
Jogos de Sochi vão por foco na repressão no Cáucaso

The Guardian (Reino Unido)
Grayling promete endurecer contra o terrorismo

El País (Espanha)
O PP andaluz retarda a mudança de líder incentiva Cospedal