Reforma mais suave

SOLUÇÃO PARA A PREVIDÊNCIA

Os aliados do governo defendem a aprovação da reforma da Previdência mais enxuta. Eles propõem incluir apenas a idade mínima para a aposentadoria. As outras mudanças ficariam para 2019.

TSE E O GOVERNO

… “não é joguete.” Essa foi a reação do ministro do TSE, Gilmar Mendes, às afirmações sobre a possibilidade do Tribunal pedir vista sobre o caso Temer. A manobra jurídica daria mais tempo ao presidente no julgamento que pode resultar na sua cassação.

DELAÇÃO

O deputado afastado, Rodrigo Rocha Loures, negocia delação premiada com a Lava Jato. Loures, que é aliado de Temer, foi flagrado recebendo R$ 500 mil da JBS.

NOVO COMANDO, MESMO DESAFIO

O novo presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, chega ao comando com a missão de normalizar a liberação de empréstimos. O fluxo está abaixo do considerado desejável pelo setor produtivo. Rabello de Castro também precisa acalmar os funcionários do quadro. Eles estão preocupados com a crise deixada pela antecessora de Rabello, Maria Sílvia Bastos Marques.

Partidos querem usar Fundo Partidário para pagar multas

DINHEIRO PÚBLICO

Parecer do Tribunal Superior Eleitoral pede que partidos políticos devolvam R$ 35,6 mi. O montante é referente ao Fundo Partidário. O TSE considerou o uso irregular o uso dos recursos. Os partidos, agora, querem pagar a multa com o próprio Fundo Partidário.

EM TEMPO

A decisão do TSE é referente às contas de 2011. Dos 29 partidos em atividade, na época, apenas o PSD, PV e PRB receberam parecer favorável nas suas contas.

SOBE UM, SOBE TODOS

A política de aumento do mínimo acima da inflação elevou as estimativas de despesas do INSS, até 2060. Pelos cálculos do governo, o INSS comprometeria mais de 8% do Produto Interno Bruto, em dez anos. Esse cálculo embasa a proposta de reforma da Previdência.

PREVIDÊNCIA NOS ESTADOS

Nos últimos nove anos, os governos estaduais concederam reajustes de 50% em média aos seus servidores. O reflexo nas Previdências pode chegar a 57%. Os dados sáo do IPEA.

GUARDAR PARA OFERECER

O BNDES vai reter 40% dos lucros e fazer caixa para mais crédito. A decisão está no novo estatudo da instituição, já aprovado pelo governo.

Presidente do TST é contra imposto sindical

CONTRA O IMPOSTO SINDICAL

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra Filho, defendeu o fim do imposto sindical compulsório. A declaração foi feita em entrevista ao jornal Estadão. O ministro também defendeu o fim da unicidade sindical – onde um só sindicato representa sua categoria. Os sindicatos temem perder força.

A FÊNIX DO PRÉ-SAL 

O governo pretende arrecadar R$ 24 bi com o pré-sal. O montante inclui quatro leilões, até 2019. A aposta é que a mudança do regime de partilha e a flexibilização das regras aumentem competitividade e o interesse a de companhias estrangeiras.

MESMA SITUAÇÃO, BENEFÍCIO DIFERENTE

As regras de transição para a reforma da Previdência podem gerar uma grande diferença nas datas de aposentadoria para pessoas com a mesma idade, profissão e tempo de serviço. Homens com menos de 50 anos, e mulheres com 45, no dia da promulgação da lei terão que atingir 25 anos de contribuição e idade mínima de 65 anos para poder aposentar. Quem for mais velho, não precisará esperar a idade mínima.

MERCADO DE CAPITAIS

O estoque de financiamento do mercado de capitais supera o do BNDES pela primeira vez na década.  O inversão é devida a a queda da taxa básica de juros e a redução do volume de crédito subsidiado.

Mais de R$ 2 bi do Fundo Partidário ainda sem fiscalização

DINHEIRO PARA PARTIDOS

As contas dos 156 partidos políticos acumulam mais de R$ 2 bi de recursos públicos repassados, por meio do Fundo Partidário. Esses valores são referentes aos exercícios de 2011 a 2015. Eles ainda não foram fiscalizados pelo Tribunal Superior Eleitoral.

FALTA ESTRUTURA

O TSE alega falta de estrutura para fiscalização. Desde 2000, 36 contas partidárias foram anistiadas.

MENOS CRÉDITO

A redução nas liberações de crédito do BNDES fez o Banco voltar a ter caixa de R$ 100 bi. De acordo com especialistas, essa posição é considerada o ponto fora da curva, na gestão Temer, porque a falta de crédito não estimularia a produção industrial. Já os diretores do BNDES afirmam que a redução do crédito é consequência do momento econômico de recessão.

ATRASO & DINHEIRO

O atraso em projetos de oito grandes obras de infraestrutura no país somam um estouro no orçamento de R$ 107 bi. Mesmo assim, analistas afirmam que, apesar do prejuízo, ainda há mais vantagens em concluir os projetos.

FÁBRICA DE BUTANTAN NÃO PRODUZ

Após nove anos do início das obras, a fábrica paulista de derivados de sangue ainda não funciona. A fábrica é do Instituto Butantan e deveria ter sido inaugurada em 2010. O Instituto diz que falta matéria prima. No Brasil, a compra de plasma é proibida por lei. O sangue só pode ser obtido por meio de doação.

SOLUÇÃO

O Instituto Butantã alega que o governo teria se comprometido a fornecer a matéria prima, mas não cumpriu a promessa.

NÚMEROS

A construção da fábrica de derivados de sangue custou R$ 239 mi em verbas públicas. Para funcionar, o Instituto estima que ainda sejam preciso R$ 437 mi.

POST SCRIPTUM

Hugh Jackman diz que essa é a nona e última aparição sua como Wolverine.
='(

BNDES: o pior resultado da história 

DE MAL A PIOR

Resultados divulgados ontem mostram que os desembolsos do BNDES no ano cairam 35%. O resultado é reflexo da crise econômica do país. Esse é maior encolhimento da história do banco.

AUMENTA A DIFERENÇA

A diferença de salário entre trabalhadores do setor público e privado aumentou mais de 7% no ano passado. Os dados são da Pnad. Foi a maior alta desde 2012.

MAIS UM NO SORTEIO

O ministro Edson Fachin se colocou à disposição para ser transferido para a 2 Turma do STF, em substituição a Teori Zavaski. Se isso ocorrer, ele participa do sorteio da relatório para a Lava Jato.


Bovespa otimista com a queda de juros

 

OTIMISMO NO MERCADO

A Bovespa fechou em alta de 2,41%, nessa quinta-feira. O resultado é reflexo do otimismo em à queda de 0,75% na taxa básica de juros. O dólar caiu 0,62% ficou cotado em R$ 3,17.

NOVA FÓRMULA

O governo prepara alteração para o cálculo da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). O objetivo é alinhar a taxa à valores de mercado. A TJLP foi criada em 1994 para regular os empréstimos concedidos pelo BNDES.

MENOS AJUDA

A prefeitura de SP deve reduzir programas sociais na cidade. Podem ser revistos os programas de distribuição de leite, material escolar e transporte de alunos. As dificuldade financeiras do município são a principal causa para possíveis mudanças.

PASSOU DO LIMITE

O estado do Rio compromete mais de 70% da receita em gastos com pessoal. O montante correspondeu a R$ 34 bi, em 2016. Valor mais de 10 pontos percentuais acima do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.


POST SCRIPTUM

O Brasil lidera o ranking de propinas no EUA. Somos o país mais citados por empresas globais investigadas por corrupção nos Estados Unidos. Em segundo lugar está a China e em terceiro, Iraque. A China havia liderado o ranking nos últimos dois anos.