23 anos depois do caso Collor, o Congresso brasileiro volta a analisar um processo de impeachment. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, aceitou a apertura da análise do processo. O pedido, feito pelo ex-petista Hélio Bicudo, afirma que o governo continuou a recorrer às ‘pedaladas fiscais’ em 2015. A abertura do processo ocorreu menos de cinco horas depois da Comissão de Ética da Câmara autorizar a análise para cassação contra o presidente da Casa. Em pronunciamento, Dilma disse que não há atos ilícitos que justifiquem o impeachment e credita  o impeachment a uma retaliação de Cunha.
(Folha, Estadão, Globo, Valor)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s