O governo estuda adiar reajustes para o salário mínimo e dos servidores para compensar as quedas de receitas e cumprir a meta de superávit fiscal, em 2016. No caso do salário mínimo, o aumento passaria de janeiro para maio. Para os servidores, passaria para dezembro de 2016. A medida não é consensual pois pode aumentar o desgaste político ao governo.
(Globo)
globo
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, pediu urgência na aprovação das medidas de ajuste fiscal. No Congresso, não há sinal de que o Orçamento seja votado ainda esse ano. Este será o segundo ano de défit primário nas contas públicas e Levy está preocupado que isso se reflita no próximo ano. Sobre o adiamento dos reajustes do salário mínimo e dos servidores federais, o ministro garante que a proposta não é sua e sim de técnicos do Legislativo. Ele ainda não sabe informar o quanto isso representaria em termos de economia.
(Valor)
valor
A Polícia Federal prendeu o pecuarista José Carlos Bumlai na 21ª fase da Operação Lava Jato. O Ministério Público e a PF investigamR$ 518 mi de empréstimos do BNDES à empresas de Bumlai. O nome do empresário também foi citado por dois delatores da Operação – Eduardo Musa e Fernando Baiano. Bumlai é considerado amigo pessoal do ex-presidente Lula e, segundo delatores, teria pago suas contas de campanha, no valor de R$ 60 mi. A defesa de Bumlai nega as acusações. Já Lula diz que o amigo usou seu nome sem aval. O ex-presidente também se considera alvo político da Lava Jato.
(Estadão, Folha)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s