O governo pretende recriar a CPMF para cobrir o rombo de aproximadamente R$ 80 bi do orçamento de 2016. Por razões legais, a proposta precisa ser enviada ao Congresso até o dia 31 desse mês. O imposto, que era vinculado ao financiamento da Saúde, foi extinto em 2007. A proposta de Orçamento de 2016 prevê corte de despesas, especialmente de benefícios previdenciários. Mudanças também estão sendo preparadas para endurecer a concessão de aposentadoria por invalidez e auxílio-doença. A venda de patrimônio federal e a oferta pública de ações como a BR Distribuidora também estão na proposta. 

(Valor)

image

O plenário do Senado aprova Rodrigo Janot por 59 a 12 votos. A recondução ao cargo do procurador-geral da República dá respaldo para as investigações da Operação Lava Jato. Entre as atribuições do procurador-geral está atuar em todos os processos do Supremo Tribunal Federal. Antes da votação em plenário, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi quase unânime, após a sabatina de 10 horas. Contrariando as expectativas, a sabatina foi tranquila, graças a um acordo com a cúpula do PMDB no Senado, que tem 13 senadores investigados pela Lava Jato. Na CCJ, foram 26 votos a favor e 1 contra. Entre os votantes, estavam oito parlamentares alvos de inquéritos na Operação da Polícia Federal. A votação no Senado foi secreta.
(Globo, Folha, Estadão)

image
image

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s